18 de Novembro de 2014

Exposiçao na Madeira Shopping



Esta semana passada estivemos no Madeira Shopping a acompanhar a exposição sobre "o fura bardos" para divulgar o projeto LIFE para a conservação desta ave.


Os meninos acercavam-se atraídos pelas máscaras e os desenhos para colorir que tínhamos dispostos numa mesa. Muitos tinham vergonha e não falavam apenas, mas outros faziam perguntas sobre esta ave de rapina. Nos, falamos-lhes do seu habitat, a Laurissilva, e dos problemas que têm para sobreviver, como os incêndios, ou as plantas invasoras que reduzem a quantidade de Laurissilva disponível.



Depois eles marchavam muito contentos com a sua mascara bem colocada.

Alguns também participavam no concurso para
pôr-le nome a mascote do Fura-bardos
Foi uma semana cansativa, mas muito enriquecedora!




Exposition at Madeira Shopping 

This past week we have been at Madeira Shopping, taking part on the Macaronesian Sparrowhawk exposition to spread the LIFE project for the conservation of this prey bird.




Children came to the colouring table and chairs, attracted for the masks and drawings of the Furabardos pet. A lot of they were shy and didn't speak, but others asked about this prey bird. We talked about the Fura-bardos habitat, the Laurissilva, and the problems that they have to survive, like the fire, the invading plants, etc.

After that, they went back  with their families, happy, with the mask well put.



This week were a tired week, but I enjoyed very much!

Algumas das minhas estrelas...

Hoje vou dedicar esta entrada a verdadeiros merecedores de uma salva de palmas. Pelo seu contributo ao desenvolvimento da nossa sociedade, pelo legado, pelos conhecimentos descobertos, pela ajuda prestada, e por fazerem hoje as coisas mais fáceis aos que cá estamos,…e tudo desde a minha humilde opinião, muito obrigada.

Todos somos muito ignorantes. O que passa é que não todos ignoramos as mesmas coisas… Uma das muitas afirmações de Albert Einstein, físico alemão nascido a 14 de março de 1879. Presentou em 1915 a teoria da relatividade geral, reformulando por completo o conceito da gravidade e dando surgimento ao estudo científico da origem e evolução do Universo pela rama da física denominada cosmologia. Pelas suas explicações sobre o efeito fotoelétrico e as suas numerosas contribuições à física teórica, obteve em 1921 o Premio Nobel de Física, e não pela Teoria da Relatividade devido a que o cientista a quem foi encomendada a avaliação não a entendeu.
Efeito fotoelétrico, movimento browniano, relatividade especial, equivalência massa-energia,… muito obrigada Sr. Einstein!

Em Astúrias, Espanha, repousam os restos de Severo Ochoa, descobridor junto com Arthur Kirnberg, do mecanismo de síntese biológica do ARN e o ADN, descobrimento por o que receberam conjuntamente o Premio Nobel de Fisiologia ou Medicina em 1959.
Muito obrigada Sr. Ochoa!

Aos trinta y dois anos chegou à India e dedicou o resto da sua vida a trabalhar para erradicar o sofrimento das pessoas mais pobres do país, Vicente Ferrer. Instalado em uma das regiões mais pobres da India, instaurou um singular sistema de trabalho que gerou um grande movimento de solidariedade. Organizou pequenas cooperativas para a escavação de poços, canalizações para abastecimento de água, bancos de sementes, parcelas de regadio, construção de serviços comunitários, criou duas escolas, um hospital e duas residências de alunos. E tudo isto, simplesmente para ajudar às pessoas.
Muito obrigada Sr. Ferrer!

Obrigada Nicolau Copérnico pela publicação da Teoria Heliocêntrica, e mostrar que somos nós os que damos voltas ao Sol, e não as coisas as que viram ao nosso arredor. Uma das teorias consideradas das mais importantes na história da ciência ocidental.
Muito obrigada Sr. Copérnico!

Aportou o seu pensamento às teorias evolucionistas. Alfred Wallace lançou a teoria zoogeográfica, que dividia o mundo em grandes regiões ou reinos animais. Identificou diferencias entre a região Indomalaya e a Australiana, pelo que a linha que separa ambos reinos é conhecida como a Linha de Wallace.
Muito obrigada Sr. Wallace!

Charles Darwin ensinou-nos na teoria evolutiva que, os organismos mais bem adaptados ao meio têm maiores chances de sobrevivência do que os menos adaptados, deixando um número maior de descendentes, quer dizer, os organismos melhor adaptados são selecionados para aquele ambiente. O seu contributo é a base fundamental da biologia como ciência.
Muito obrigada Sr. Darwin!

Em outubro de 1881 nasceu Pablo Ruiz Picasso. Pintor e escultor espanhol, foi o criador junto com Georges Braque e Juan Gris, do movimento “cubista”, uma tendência essencial que originou as demais vanguardas europeias do século XX. É considerado a rutura definitiva com a pintura tradicional.
Muito obrigada Sr. Picasso!

Pioneira no campo da radiatividade, Marie Curie foi entre outros méritos, a primeira pessoa em receber dois Prémios Nobel em distintas especialidades Física e Química, e a primeira mulher em ser professora na Universidade de París. Por ter conseguido o isolamento de elementos químicos como o Radio (Ra) e o Polonio (Po), e pelo seu contributo a este campo da ciência…
Muito obrigada Sra. Curie!

Com o trabalho e dedicação destas pessoas, como também de tantas outras, hoje conseguimos compreender melhor a vida, e sem dúvida é para nós muito mais fácil. Ainda temos muitas pessoas que estão a dar na atualidade grande contributo à sociedade, não deixemos de oferecer uma salva de palmas a estas pessoas que dedicam as suas vidas ao bem-estar geral, obviamente com vontade.

Mais uma vez, faço aqui uma reflexão para celebrarmos e dedicarmos o nosso entusiasmo com estas verdadeiras estrelas da sociedade.

"Guernica". Pablo Picasso.

Soledad Álvarez

Today I'm dedicating this entry to the ones who deserve a genuine standing ovation. For your contribution to the development of our society, legacy, knowledge that today make things easier for us,  with my humble opinion,  I thank you.

"We are all very ignorant. What happens is that not all ignore the same things "... One of the many statements of Albert Einstein, German physicist born on March 14, 1879. He proposed in 1915 the theory of general relativity, reshaping the whole concept of gravity and giving rise to the scientific study of the origin and evolution of the universe called the raw physical cosmology. For his explanations of the photoelectric effect and his numerous contributions to the theoretical physic, he received in 1921 the Nobel Prize in Physics. Einstein was due to be awarded in 1920 for his theory of relativity, but the scientist who commissioned the evaluation did not understand the importance of this discovery and the German physicist  had to wait a further year to get the Nobel.
Photoelectric effect, Brownian motion, special relativity, mass-energy equivalence, ... thank you Mr. Einstein!

In Asturias, Spain, lie the remains of Severo Ochoa, discoverer along with Arthur Kirnberg of the mechanism of biological synthesis of RNA and DNA.  This discovery jointly received the Nobel Prize in Physiology and Medicine in 1959.
Thank you Mr. Ochoa!

At the age of thirty two years, he went to India and devoted the rest of his life working to eradicate the suffering of the poorest people in the country. Installed in one of the poorest regions of India, Vicente Ferrer introduced a unique system of work that spawned a great movement of solidarity. He created small cooperatives for digging wells, pipelines for water supply, seed banks, irrigated plots, and he constructed  social community centers, two schools, a hospital and two residences for students. And all this, just to help people.
Thank you Mr. Ferrer!

Thanks to the publication of Nicolaus Copernicus of Heliocentric Theory, we know that we are the ones that turn around the sun, and that there are not things that turn around us. One of the most important theories in the history of Western science.
Thank you Mr. Copernicus!

Contributing with his thoughts to evolutionary theories, Alfred Wallace launched the zoogeographical theory, dividing the world into large regions or animal kingdoms. He identified differences between Indomalaya and the Australian region, therefore the line that separates both realms is known as the Wallace Line.
Thank you Mr. Wallace!

Charles Darwin taught us in his evolutionary theory that organisms best adapted to their environment are more likely to survive than those less adapted, leaving a larger number of offspring, i.e. the best adapted organisms are selected for that environment. His contribution is the cornerstone of biology as a science.
Thank you Mr. Darwin!

In October 1881 was born Pablo Ruiz Picasso. Spanish painter and sculptor, was the creator along with Georges Braque and Juan Gris, of the movement of "cubism", an essential trend that led other European avant-gardes of the twentieth century. It is considered the definitive break with traditional painting.
Thank you Mr. Picasso!

Pioneer in the field of radioactivity, Marie Curie was among other merits, the first person who received  two Nobel Prizes in Physics and Chemistry as distinct specialties, and the first woman to be a teacher at the University of Paris. To have achieved the isolation of chemical elements such as Radio (Ra) and Polonio (Po), and for her contribution to this field of science ...
Thank Mrs. Curie!

With the work and dedication of these people, as well as many others, today we better understand our life, which turned, without doubts, much easier. We still have many people who are making today great contribution to society, and we do not long offer a round of applause to these people who dedicate deliberately their lives to the general welfare. Again, I reflect here to celebrate and dedicate our enthusiasm to these true stars of society.


7 de Novembro de 2014

Verão madeirense

Verão madeirense

O verão passou rápido e tive a oportunidade de continuar a descobrir e apreciar a beleza da Madeira!


Estive três semanas nas ilhas Selvagens, imerso na natureza extrema, aproveitando o espetáculo das Cagarras cada dia e noite.





Continuei a passear pelas serras da Madeira, descobrindo caminhos novos e os primeiros sinais do esquivo fura-bardos.


Voltei ao maravilhoso Ilhéu de Cima para monitorizar as Cagarras e retomei o trabalho do aeroporto e dos censos de mar no Porto Santo.



No fim, libertei os primeiros juvenis de alma-negra, encandeados pelas luzes do Funchal.

Um verão entre serras, mar e festas populares! Agora espera-nos uma época cheia de eventos e trabalhos, sempre aproveitando os tesouros encantadores da Madeira!  


Summertime in Madeira

Summer went fast and I had the opportunity to keep discovering the natural beauty of Madeira!

I spent three weeks in the Selvagens Islands, enjoying the pristine nature, and appreciating the Cory's shearwaters flying at dusk and also during the day (this is the only colony in the world where this behavior has been recorded).

I kept walking in Madeiran mountains, discovering new trails and taking the first tracks of the Macaronesian sparrowhawk.

I have been back to the astounding Islet of Cima to monitor the Cory's shearwaters and I took up again the work at the airport and the boat-based observations at Porto Santo. 

Eventually, I freed the first juveniles of Bulwer's petrel, which have been affected by light pollution in Funchal.

A nice summer spent among mountains, ocean and popular fairs! Sevaral events and hard work are planned for the next months, trying always to take advantage of the enchanting treasures of Madeira! 

5 de Novembro de 2014

Blog CO2 Neutral

Hoje fiz este blog CO2 neutral, sabes o que é? Um blog consume energia elétrica: os seus conteúdos são armazenados nos servidores, que são computadores que estão continuamente ligados, com grandes sistemas de refrigeração, e que consumem muita energia. Esta energia é produzida por usinas de energia principalmente de calor, que produzem grande quantidade de CO2 da quema de conbustíveis (petróleo, carvão) no processo de produção. Um estudo calcula que as emissões de CO2 produzidas por um blog são arredor de 3,6 kg CO2/ano, e as estimativas mais conservadoras de CO2 absorvido por árvore estão perto de 5 kg/ano. Em qualquer caso, uma árvore vai compensar as emissões de um blog. A iniciativa Pro-terra apadrinha uma árvore por cada blog. Estas árvores estão em processo de crescimento, a fase da vida que mais quantidade de CO2 absorve, para que não sejam cortados e podam compensar as emissões de cada blog inscrito na sua página. Se queres fazer o teu blog CO2 Neutral, entra nesta página e segue as instruções!! 




I made this blog CO2 neutral. Do you know what is this? A blog consume electrical energy: the contents are stored in the servers, which are computers all day switched on, consuming a great amount of energy. This energy are produced by heating plants, wasting a lot of petrol and coal and producing a lot of smoke and CO2. A study calculated that the blog emissions of CO2 are near to 3,6 kg per year, and the amount of CO2 absorbed by a tree are a minimum of 5 kg per year. Anywhere, a growing tree balance out the blog emissions. The initiative Pro-Tierra support a tree by each blog. This trees are growing, the moment of their life that more CO2 are absorbed, and they are not cut down, for balance out the blog emissions. If you want to involve with this initiative, you may enter in this page and follow the instructions!



Marta Madeira

24 de Outubro de 2014

Salvar Uma Ave Marinha

“Vamos de patrulha”

Tudo começa no pôr-do-sol.
Quando o sol deixa a sua força para iluminar outros lugares para além do mar, é que a atividade da início. Dirigidos para aqueles lugares onde maior impacto luminoso existe, a ideia que temos é tentar encaminhar as cagarras que ficaram encandeadas pela poluição luminosa, para o seu destino inicial, o mar. Estas, como outras aves marinhas, são muito sensíveis à iluminação artificial, e nesta altura do ano em que os juvenis estão a sair do ninho para se dirigirem ao mar, ao seu passo pelas cidades, nas noites, até podem cair encandeadas pela sua iluminação. É neste ponto, onde a nossa intervenção ajuda-as a continuarem na sua viagem.
Chegamos ao primeiro ponto iluminado que tínhamos previsto visitar e após a observação da área nenhum indivíduo foi visto na zona, perfeito! A seguir, dirigimo-nos à seguinte área. Trás fazer um pequeno reconhecimento do lugar, observamos a presença de uma cagarra num jardim próximo a um potente foco de iluminação, presumivelmente o que fez cair a cagarra ao solo. Delicadamente apanhamos a cagarra e introduzimo-la numa caixa para o seu transporte. A cagarra estava aparentemente tranquila e não parecia ter danos físicos. O seguinte passo foi levá-la a um lugar perto do mar e pouco iluminado e esperar para ver o seu voo retomado. Não foi preciso esperar muito tempo, pois passados cinco minutos a cagarra começou a esticar as asas e não demorou em começar a voar em direção ao mar. O nosso esforço teve sucesso!...


É assim um exemplo, de como nesta altura podemos ajudar às cagarras a continuarem o seu voo. É a mínima coisa que podemos fazer para ajudá-las, pois de alguma forma estamos a incomodá-las com a poluição luminosa que geramos.

C.diomedea



Soledad Álvarez




"We patrol"

It all starts in the setting sun.
When the sun gets its power to illuminate other places beyond the sea, that is the beginning of the activity. Directed to those places where there is most light impact, the idea is that we try to forward the shearwaters that were dazzled by light pollution, for their original purpose, the sea. These, like other seabirds, are very sensitive to artificial light, and this time of year in which juveniles are leaving the nest to have recourse to the sea, at your own pace through the cities, in the evenings, so can drop by the lighting dazzled. It is at this point where our intervention helps them to continue on their journey.
We arrived at the first illuminated spot we had planned to visit and after the viewing area no individual was seen in the area, perfect! Next, we head to the next area. Back to a small recognition of the place, we observe the presence of a shearwater in a garden next to a powerful focus lighting, which presumably dropped the shearwater to the ground. Gently catch the shearwater and we introduce it into a box for transport. The shearwater was apparently quiet and seemed to have no physical damage. The next step was to take it to a place near the sea and poorly light and wait to see your flight resumed. It did not take long, because after five minutes shearwater began to stretch his wings and was not slow to start flying toward the sea. Our effort was successful! ...
It is thus an example of how this time can help the shearwaters to continue their flight. It is the least thing we can do to help them, because somehow we bother them with the light pollution we generate.

20 de Outubro de 2014

Como ajudar na conservação da natureza?

A procura do senso...

Tenho a certeza que a melhor forma de agirmos respeitosamente com o nosso ambiente, é termos um comportamento sensato. Por vezes, esquecemos no nosso dia-a-dia a sensatez, a qualidade que têm as pessoas que mostram bom juízo, prudência e madurez nos seus atos e decisões.
Reconheço que nesta altura da “evolução” humana, pode ser difícil agir com bom juízo, prudência e madurez, mas temos de procurar do nosso cantinho interior, um pedaço de responsabilidade e respeito para os outros e assim também para o nosso ambiente. Responsabilidade porque temos o dever de oferecer aos nossos descendentes um meio ou um ambiente digno para desfrutarem dele e para que sejam servidos com os recursos que o ambiente produze. E respeito por aquilo que os nossos antepassados conservaram veementemente para que no dia de amanhã sempre houvessem recursos. Por tanto, é simples…um bocadinho mais de sensatez.
Neste contexto, o ambiente é tudo. Não podemos determinar a salvaguarda de uma espécie sem ter em conta o seu entorno ambiental, económico e social, e a sua história. Precisamente porque tudo forma parte do ambiente, tudo está interrelacionado, e todas as nossas ações têm impacto (positivo ou negativo), seria importante que o nosso comportamento fosse sensato. Olhem que esta palavra é mesmo barata, já que nesta “evolução” humana fala-se muito nestes termos, o senso é barato em termos monetários simplesmente há que o aplicar às nossas vidas.
Não é sensato vermos uma pessoa deitada na rua com aspeto de abandono e não oferecer ajuda, mas infelizmente, quantas vezes as vemos e fazemos como que não as vemos? Como também não é sensato pretender um desenvolvimento social e ambiental, e não gerir corretamente os nossos recursos (mais um exemplo de ausência de senso).

Pôr-do-sol na Madeira



Hoje por tanto, alento a sentarmos num cantinho e reflexionar sobre a nossa (ausência de) sensatez.



Soledad Álvarez



The search for the sense ...

I'm sure the best way to act respectfully with our environment, behavior is a sensible terms. Sometimes we forget in our day-to-day sense, the quality that people who show good judgment, prudence and maturity in their actions and decisions.
I recognize that at this point in human "evolution" can be difficult to act with good judgment, prudence and maturity, but we must seek our inner corner, a piece of responsibility and respect for others and thus also for our environment. Responsibility because we have a duty to provide our children a decent environment to enjoy it and to be served with the resources that the environment produze. And respect for what our ancestors have preserved so strongly about tomorrow always had resources. Therefore, it is simple ... a little more sensibly.
In this context, the environment is everything. We can not determine the safety of a species without taking into account their environmental, economic and social environment, and its history. Precisely because all form part of the environment, everything is interrelated, and all our actions have (positive or negative) impact, it is important that our behavior was sensible. Look this word is even cheaper, since this human "evolution" is much talk in these terms, the sense is cheap in monetary terms there is simply that apply to our lives.
It is not wise seeing a person lying in the street with aspect of abandonment and not offer help, but unfortunately, many times we see and do not see them like that? Nor is it sensible to want a social and environmental development, and not properly manage our resources (another example of lack of sense).

Today therefore, encouragement to sit in a corner and reflect about our (lack of) sensibly.

15 de Outubro de 2014

15 dias trabalhando para a SPEA

Hoje faz quinze dias que estou a trabalhar na SPEA-Madeira.

Até o momento, eu estive analisando os dados do estúdio do aeroporto que a gente da SPEA recolheram desde 2012 até este ano, nos aeroportos de Madeira e Porto Santo. Os strikes das aves com os aviões são um grave problema, e mais nestes aeroportos que ficam junto ao mar, onde num dia podem cruzar umas 200 aves .

I have spend 15 days at SPEA-Madeira yet.
I have making statistical analysis with the airport data, collected by the SPEA team, since 2012, at the Madeira and Porto Santo airports. The bird strikes with the aircrafts are big problem, too in these airports near the sea, where could fly 200 birds in a day.


Aeroporto do Porto Santo

Neste estúdio estatístico com os dados do aeroporto da Madeira em 2012, utilizei o programa estatístico Rcommander para fazer os modelos com as variáveis e comprovar quais delas têm efeito e quais não.

A primeira analise assinala que as variáveis meteorológicas (velocidade do vento, pressão atmosférica, ponto de orvalho...) não tem efeito sob o número de aves que se vêem na pista do aeroporto, mas as variáveis temporais (o número de horas de sol, o mês do ano, etc) sim têm. É o lógico, mais horas de luz, mais aves podem passar.

At this study, with only the Madeira 2012 data, I have used the Rcommander program to build the statistical models with different variables and to proof which are affecting to the birds number. 

The first analysis indicates that the meteorological variables (wind speed, atmospheric pressure, dew point ...) has no effect on the number of birds that are seen the runway, but the temporal variables (the number of hours of sunlight , the month of the year, etc) it has. It is logical, more light hours, more birds can pass.

Este pequeno estúdio leva muitas horas de colocar os dados em tábuas adequadas, fazer os agrupamentos e comprovar que tudo esteja bem.

Mas não tudo é trabalho de escritório. Tive uma saída de campo com o projecto LIFE Fura-bardos, e desfrutei muito da Laurissilva. De aqui a alguns dias, temos as patrulhas do projecto SAM (Salvar um Ave Marinha), e vamos patrulhar distintas cidades para procurar as aves que são atraídas pelas luzes, levando à colisão com edifícios, linhas elétricas e veículos, e depois libertá-las num sítio junto ao mar e pouco iluminado.

This small studio takes many hours to put the data into appropriate tables, make the clusters and check that all is well. 

But not everything is office work. I had a field trip to the project LIFE Fura-bardos, and enjoyed much of Laurissilva. In a few days, we have SAM patrols (Save a Marine Ave) project, and we will patrol different cities to look for birds that are attracted by the lights, leading to collision with buildings, power lines and vehicles, and then release them a place by the sea and dimly lit.

Laurissilva do norte da ilha


E isto é só o principio!

And this is just the beginning!