quarta-feira, 21 de junho de 2017

Atlas das Aves Nidificantes

One of my tasks as a volunteer at SPEA Madeira is to help in the census carried out for the realization of the Nesting Birds Atlas, in the following article I will tell you a little more about this project, carried out throughout Portugal.

The objective of this project is to produce maps of distribution and relative abundance of all species of nesting birds in Portugal during the years 2015-18. This is done through non-systematic records, systematic records and targeted censuses.

  • Non Systematic records: It consists of recording the casual observations we make of any species of bird, along with its nesting code, for example, if one day we decide to make a levada and by the way we see a blanket, we can introduce this sighting in the E-bird Portugal platform, and these data will be very useful for the atlas, so they are called non-systematic, because they can be done at any time and without a standardized methodology.

  • Systematic records: These types of records, if they imply a previous methodology to follow, for this, we have to visit 6 tetrads of 2x2 km that are within a certain grid of 10x10km, it will be tried that these tetrads represent all the habitats present in The grid. To carry out this record, we visit for half an hour each tetrad between the first 4 hours after sunrise, or 3 hours before sunset, then a transect is performed in which the species are recorded Views and ears and the number of individuals of each species, besides the nesting code of the same. This type of registration is carried out twice a year, the first visit is between March 15 and April 30; And the second visit is between May 1 and June 30.

  • Directed census: these are carried out when the population of a certain nesting species is to be known. For this, the census is carried out in an area where the presence of this species is known, trying to count the number of pairs. I Madeira was made two of them, one with raptors and with the Eurasuab woodcock.
In my next article I will explain you how was our day making a Systematic record including the list of species that we saw and hear.
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Uma das minhas tarefas como voluntário em SPEA Madeira é ajudar no Atlas das Aves Nidificantes, neste artigo, vou falar um pouco mais sobre este projeto realizado em tudo Portugal.
O objetivo deste projeto é produzir mapas de distribuição e abundância relativa de todas as espécies das Aves residentes em Portugal durante os anos 2015-18. Isso é feito com os registros não-sistemáticos, sistemáticos e censos dirigidos.

  • Registros não sistemáticos: consiste em anotar as observações casuais que fazemos de quaisquer espécies de aves, juntamente com seu código de nidificação, por exemplo, se um dia nós decidimos Levada e a forma como vemos uma manta, podemos introduzir este avistamento na plataforma e-bird de Portugal, e estes dados serão muito úteis para o atlas, é chamado não sistemático, porque pode ser feito em qualquer momento e sem ter uma metodologia fixa.

  • Registros sistemáticos: Tem uma metodologia a seguir, temos que visitar seis tétradas de 2x2 km que estão dentro de uma quadricula de 10x10 km, as tetradas tem que representar todos os habitats presentes no quadricula. Para realizar este registro, visitamos cada tetrada por meia hora entre as primeiras 4 horas após o nascer do sol, ou 3 horas antes de pôr do sol, fazemos um transecto, indicando o número de individuos de cada especie vistos e ouvidos, além do assentamento de código dele. Este tipo de registro é realizado duas vezes por ano, a primeira visita tem lugar entre 15 de Março e 30 de Abril; e a segunda visita ocorre entre 1 de Maio e 30 de Junho.

  • Censo dirigido: estes são realizados para tentar conhecer a população de uma determinada espécie, por isso, os censos são realizados em uma área onde a presença desta espécie é conhecida, tentando contar o número de casais.


Hi lil´ birds !!

Last week, if you remember, I told you a little bit about the biodiversity that we can find here, in the parks of Funchal, but how was my surprise when, during doing a new census in a park that we had not visited before (Santa Luzia park), we could appreciate a bird that I forgot to mention it in the list of species published by then. Therefore, I have decided that it deserves special attention and that´s why I am going to dedicate the birds´ datasheet of this week. . .
It is the Eurasian blackcap!

I hope you like this bird as much as me and could learn a little more about its appearance, its name, and its ecology.




Scientific name: Sylvia atricapilla heinecken






Common name:
Toutinegra (PT), Curruca capirotada (ES), Eurasian blackcap (ES)

Family
Sylvidae / Silviídeos

Status endemicity                              
Macaronesian endemic subspecies
Conservation status (IUCN)
Least concern

Identification characteristics
Easily identified by black "cap" in males and brown one in females.

Distribution
Throughout Europe, very common. The subspecies is regular nesting in the island of Madeira although also has been detected in Porto Santo.

Habitat
Colonizes different types of habitats, but prefers areas of high shrub density. Not accustomed, although it could be rarely found in well preserved areas of Laurissilva. It prefers transitional forest strips, with greater degradation and specific richness. It is not frequent in heights, especially from 800 m.

Diet
Mostly insectivorous during breeding season; Largely frugivorous in rest of year. Invertebrate diet includes adults and larvae of most insects. They also eat berries.

Nest                                                       
In a small shrub or herbaceous plant, at a height of 0.1 to 1.75 meters. Construction more solid than the nest of the rest of warblers. Made of dry plant stalks, covered with hairs, roots and fine grass, joined with strands of cobweb.

Eggs                                                         
It puts 3 to 6 eggs in May, incubated by both parents for 10 to 11 days. The chicks stay in the nest for 9 to 11 days.




                                                                      ↞ ➷➷ ↠                                                                             


Olá passarinhos!!

Na semana passada, se você se lembran, eu falei um pouco sobre a biodiversidade que podemos encontrar aqui, nos parques do Funchal; mas foi a minha surpresa que, fazendo um novo recenseamento em um parque que não tínhamos visitado antes (O Parque da Santa Luzia), poderíamos apreciar um pássaro que eu esqueci de mencionar na lista de espécies publicada até então.
Portanto, decidi que merece uma atenção especial e é por isso que vou dedicar o arquivo de pássaros desta semana. . . 
Esta é a Toutinegra!

Espero que gostem desse pássaro tanto quanto eu e aprendam um pouco mais sobre sua aparência, seu nome e sua ecologia.




Nome científico: Sylvia atricapilla heinecken







Nome comum
Toutinegra (PT), Curruca capirotada (ES), Eurasian blackcap (ES)

Familia
Sylvidae / Silviídeos

Estado de endemicidade                              
Subespécie endêmica macaronesa
Estado de conservação (IUCN)
Pouco preocupante

Características de identificação
Facilmente identificadas por "capuz" preto e castanho nas fêmeas.

Distribution
 Em toda a Europa, muito comum, embora a subespécie seja regular na ilha da Madeira, embora também tenha sido detectada no Porto Santo.
Habitat
Coloniza diferentes tipos de habitats, mas prefere áreas de alta densidade de arbustos. Não acostuma, embora raramente possa ser encontrado em áreas bem preservadas de Laurissilva. Prefere tiras de floresta de transição, com maior degradação e riqueza específica. Não é frequente em alturas, especialmente a partir de 800 m.

Dieta
Principalmente insetívora durante a época de reprodução; em grande parte frugívoro no resto do ano. A dieta de invertebrados inclui adultos de larvas da maioria dos insetos. Também comem bagas.

Ninho
Em um arbusto pequeno ou planta herbácea, a uma altura de 0,1 a 1,75 metros. Construção muito sólida. Feito de hastes de plantas secas, cobertas de cabelos, raízes e grama fina, juntas com fios de teia de aranha.

Ovos
Coloca 3 a 6 ovos em maio, incubados por ambos os pais por 10 a 11 dias. Os filhotes ficam no ninho por 9 a 11 dias.



Resources:


quarta-feira, 14 de junho de 2017

Um dia no Curral das Freiras


One of the main actions carried out by SPEA in the LIFE Fura-bardos project is the environmental education and spread information about the activities that we carry out. For this purpose, we made explanations in schools and in the street.

Therefore, last Friday, while Laura and Sonia were in a school giving an explanation, Marta and me went to Curral das Freiras with the collaboration of “Câmara Municipal de Câmara de Lobos” to show how important is the work that SPEA Madeira carry out in order to preserve the environement.
Once there, we place the roll ups and a table with informational pamphlets. Among the roll ups, we can highlight the Life Furabardos project, which describes the species as well as laurisilva forest and the actions carried out during the project, which were a great support in our explanations.



During the day we talked with tourists from all over the world, but it was also worth mentioning that we also had the opportunity to speak with the people belonging to the day center of Corral das Freiras and with various workers in the area, who showed a great interest in the Activities that we are being carried out, demonstrating that this type of activity is very necessary to raise awareness among tourists, as well as to raise awareness of the inhabitants of the area, due to that they are the ones who can most effectively help to conserve the habitat of the island.



















--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Uma das principais ações realizadas por SPEA Madeira dentro do projeto Life Fura-bardos, é a educação ambiental e disseminação de informação das atividades que fazemos, para este fazemos palestras em escolas e exposições na rua.

Portanto, na sexta-feira passada, Marta e eu fomos ao Curral das Freiras em colaboração com a Câmara Municipal de Câmara de Lobos para divulgar o importante trabalho de conservação feito por SPEA Madeira.

Uma vez lá, colocamos os roll ups e uma mesa com folhetos informativos, os rolo ups do Projeto Life Furabardos descrevem de maneira muito agradável ao fura-bardos, a Laurissilva e as ações realizadas durante o projeto, que serviu como um grande apoio na divulgação da importância da conservação ambiental.

Durante o dia nós conversamos com os turistas de todo o mundo, e também tevimos a oportunidade de falar com as pessoas que pertencem ao centro de dia do Curral das Freiras e vários trabalhadores na área, que mostraram grande interesse em atividades que nos fizemos, sendo demonstrado que essas atividades são muito necessárias para sensibilizar os turistas, bem como para sensibilizar os moradores locais, porque eles realmente são os que podem mais ajudar a conservação do habitat da ilha.

Antes de concluir o meu artigo, eu recomendo fazer uma visita ao Curral das Freiras, já que tem um charme especial e umas vistas espectaculares.

sexta-feira, 9 de junho de 2017

As aves dos parques no Funchal . . ./ The birds of the parks in Funchal.

Olá passarinhos!

Hoje vou falar sobre o trabalho que está sendo realizado SPEA, em relação ao turismo ornitológico e interação da comunidade local na cidade com as aves; isto é os censos de aves nos parques do Funchal, para saber quais são as espécies que habitam ou passan através ou em torno dos parques, e que o homem pode observar.






Abaixo vou detalhar uma lista das espécies mais comuns de aves e frequentemente encontradas em nossas pesquisas nos censos estes dias, geralmente no início da manhã, quando a atividade das aves é superior. 

Também incluem-se algumas espécies que não são tão comuns, mas que podem ser vistos pontualmente. As espécies são listadas pelo nome científico, após o que também são identificadas pelo nome comum em Português, Espanhol e Inglês.


















Espero que gostem e possam aprender tanto como eu!

Especies muito comuns


Passeriformes

·         Turdus merula
Melro-preto (PT)/ Mirlo común (ES) / Common blackbird (EN)



·         Serinus canaria
Canario-da-terra (PT) / Canario doméstico (ES) / Atlantic canary (EN)



·         Erithacus rubecula
Papinho (PT) / Petirrojo europeo (ES) / Robin (EN)



·         Fringilla coelebs madeirensis
Tentilhao (PT) / Pinzón vulgar (ES) / Madeiran Chaffinch (EN)





·         Motacilla cinerea
Lavandeira (PT) / Lavandera cascañeda (ES) / Grey wagtail (EN)



Apuidiforme

·         Apus unicolor
Andorinhão da serra (PT)/ Vencejo común o unicolor (ES) / Plain-coloured Swift (EN)




Anseriformes (Especies domésticas / Domestic species)

·         Anas platyrhynchos
Pato real (PT) / Ánade real, Á. Azulón (ES) / Mallard (EN)


·         Cygnus olor
Cisne-branco (PT) / Cisne vulgar (ES) / Mute swan (EN)



Espécies que podem ser vistos ao longo fas zonas costeiras:


Charadriiformes 

·         Larus argentatus
Gaivota de patas amarelas (PT) / Gaviota patiamarilla (ES) / Herring gull (EN)




·         Sterna hirundo
Garajau (PT) / Charrán (ES) / Common tern (EN)



Falconiformes o Rapaces

 ·       Falco tinnunculus
     Francelho, Pereneiro (PT) / Cernícalo (ES) / Common krestel (EN)






Especies pouco prováveis:

Bucerotiformes

  • ·         Upupa epops

Poupa (PT)/ Abubilla (ES) / Hoopoe (EN)



Passeriformes

·         Regulus madeirensis
Bis-bis (PT) / Reyezuelo de Madeira (ES) / Madeira firecrest or Madeira kinglet (EN)




 ·         Petronia petronia madeirensis
Pardal da terra (PT) / Gorrión chillón (ES) / Rock Sparrow (EN)




·         Passer hispaniolensis
Pardal-espanhol (PT) / Gorrión moruno (ES) / Spanish sparrow (EN)



Falconiformes o Rapaces


·    Buteo buteo
  Manta (PT) / Busardo ratonero, Ratonera (ES)/ Eurasian buzzard (EN)






Fuente das fotos:






 Hi lil birds ! ! !

Today I am going to talk about a work that is being carried by SPEA, related with the birdwatching tourism and with the local community interaction with the birds in the cities; it´s about the bird census in parks in Funchal, to know which species are living or are passing by the parks or around and could be observed by humans.


In the list found above, I detailed the species of most common and most often found birds in our census, that are being made in these days, normally in the beginning of the morning, when the birds´ activity is higher. I also include some species that are not so common but eventually, if you are lucky enough, you could observe them. The species are listed by scientific name, but also their common names in Portuguese, Spanish and English are detailed.


I hope you enjoy and learn as much as I did! 







terça-feira, 6 de junho de 2017

Primeiro encontro com o Fura-bardos


As I promised last week, I'll tell you about the first time I saw the macaronesian sparrowhawk.
One morning when we went out looking for nests in the areas that had been burned. As always we were looking for the different indications of the presence of this species, in this territory we did not find any plucking, but we did find feces, which indicated that a macaronesian sparrowhawk had passed by, so with luck, we were in a active territory.

We had been walking for a couple of hours in search of the nest, without success, when Laura suddenly made a gesture for us to approach her, and told us that she had just thought she had just heard a macaronesian sparrowhawk, as we approached her, Suddenly a pair of macaronesian sparrowhawk appeared, but it all happened so quickly that I had no time to appreciate this elusive bird, the feeling was a bit bittersweet, since I had had it very close, but I had not been able to see it well.

As we could already say that it was a territory where the species was present, we decided to use ourselves thoroughly in the search for the nest, all this without separating us from the binoculars.

Finally when we thought that we were not going to see it again, we decided to turn around because the road was not in good condition to continue moving, then contrary to what might be expected, a silhouette crossed the sky with a fairly calm flight, thinking that it would be a kestrel I decided to look with my binoculars, but this was not a kestrel, he thought he was having hallucinations after having been so close to seeing it that day, since despite seeing clearly that it was not a kestrel or a common buzzard, since that body shape was different and I clearly appreciated a white breast, I thought my senses were deceiving me, but no, Laura and Marta confirmed that it was a female of macaronesian sparrowhawk, which I had been able to observe perfectly this time.


The feeling was indescribable, it was certainly one of the best experiences I have ever live on the island. So finally I can say that I have seen the macaronesian sparrowhawk, now I only need to see the male.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Como prometido na semana passada, eu vou te falar sobre a primeira vez que vi o Fura-bardos.

Tudo começou numa manhã quando fomos à procura de ninhos em áreas que haviam queimado. Como sempre, fomos à procura de diferentes sinais que indicam a presença desta espécie, neste território não encontramos desplumadouro, mas encontramos fezes, indicando-nos que um furabardos talvez estivesse lá.


Nós tínhamos sido um par de horas a pé em busca do ninho, sem sucesso, quando de repente Laura fez sinal para nós acercásemos ela, e nos disse que ele tinha ouvido um indivíduo, quando nos aproximamos dela, de repente apareceu um par de fura-bardos, mas tudo aconteceu tão rápido que eu mal tive tempo de ver esta ave tão esquiva, o sentimento era um pouco agridoce.


Como poderíamos agora dizer que foi um território onde a espécie estava presente, decidimos trabalhar duro para encontrar o ninho.

Finalmente, quando eu pensei que não iríamos vê-lo novamente, decidimos voltar para trás porque a estrada não estava em boas condições para continuar, em seguida, contra o que seria de esperar, uma silhueta cruzou o céu com um vôo bastante tranquila, pensando que seria um francelho decidiu olhar com os meus binóculos,mas isso não foi um francelho, pensei que ele estava tendo alucinações depois de ter sido tão perto dele naquele dia, porque apesar de ver claramente que houve um francelho ou uma manta, porque essa forma do corpo era diferente e o peito era branco, pensei que os meus sentidos estavam me enganando, mas não, Laura e Marta confirmou-me que eu era uma fêmea do Fura-bardos, que desta vez tinha sido observados perfeitamente.


A sensação foi indescritível, foi certamente uma das melhores experiências que viveram na ilha. Então, finalmente, eu posso dizer que tenho visto ao Furabardos, agora eu só preciso ver o macho.